sexta-feira, 7 de novembro de 2008

"It Don't Matter If You're Black Or White..."

Consciência Negra
por Juliette

20 de novembro, é considerado o Dia da Consciência Negra, porque foi nesta data que o líder do Quilombo de Palmares, Zumbi, foi assassinado em 1695.
Nascido em Palmares, o recém-nascido Francisco era filho de escravos e foi levado dos braços dos pais, após uma invasão bandeirante ao quilombo.Os “invasores” mataram parte da população quilombola, mas deixou o bebê aos cuidados do Padre Antônio Melo, que o educou, ensinou latim e os estudos da bíblia.
Aos 15 anos, o menino que havia sofrido muitos preconceitos em função de sua cor, rebelou-se. Francisco foi buscar as suas origens e retornou ao Quilombo de Palmares, que ficava na Serra da Barriga, em Pernambuco.Nesta época, os quilombos representavam grandes focos de resistência a causa escravista e o direito de liberdade.
Quando o menino chegou ao quilombo, encontrou seu primo Ganga Zumba, como líder do pequeno povoado. Alguns anos depois da chegada de Francisco ao quilombo, Ganga Zumba foi assassinado por ter acreditado em um acordo de paz feito com os senhores de engenho em prol da liberdade e paz da comunidade que liderava.
Assim, o próximo a assumir o poder em Palmares, foi Francisco, que passou a se chamar Zumbi. No dia 20 de novembro, Zumbi foi torturado e capturado pelo bandeirante Domingos Jorge Velho. Um dos principais companheiros do líder quilombola, o traiu entregando-o aos bandeirantes e senhores de engenho, que descobriram o novo esconderijo onde estava Francisco. A comunidade foi destruída. Considerado um rei, Zumbi dos Palmares foi decapitado e sua cabeça exposta em praça pública, no Recife.
Zumbi simboliza a resistência e a ruptura de preconceitos para a população brasileira.
O Brasil precisa resgatar a sua memória e descobrir que existem muitas pessoas que merecem ser destacadas por suas ações. Não é só lá fora que alguém pode vencer como Louis Hamilton ou Barack Obama...
É preciso mudar! O preconceito está dentro de cada um...

Zumbi dos Palmares

4 comentários:

Wadson disse...

Compreendo que foi este Zumbi, um líder da resistencia negra, perante o domínio cruel que o modelo escravista portugues impós neste país. Faz-se exatamente o mesmo nos dias de hj, porém o que mudou é que as instituições através da opressão pela miséria, a falta de educação e o controle da burguesia no poder, da mesma forma que ocorria a séculos atrás. A lógica do sistema continua a mesma, hj os inumeros rebelados, negros, pobres, favelados, são coibidos pelo sistema penal, que funciona como uma senzala, são clientes dessas penitenciarias, assim como os burgueses são dos shoppings, assim se mantem o binomio casa grande/senzala, como ja bem descreveu Gilberto Freyre.

Mahína disse...

O importante é sempre estar aberto a discutir esse assunto. Cotas em universidades e outra ações afirmativas estão sendo colocadas em prática e gerando discussão, polêmica, controvérsias. Acredito que assim se constrói de fato algo melhor na sociedade. Ah, e obrigado pela visita ao meu blog, volte sempre!

Dan disse...

adorei o novo leyout
vc escreve muitooo bem juuu
parabéns pelos textos

Vilton disse...

Relembrar o passado é muito importante, mas não menos que a construção do futuro. Os escravos, que no Brasil eram predominantemente negros e estes escravizados pelos seus própios conterrâneos (negros!), queriam sua liberdade, aderindo a comunidades que defendessem sua causa urgente. Mas hoje, o que mais precisamos é da união e não de mais conflitos.

Vc manda muito bem. Beijos.